Make your own free website on Tripod.com

GOADS

 

 

Canibalismo

O Canibalismo

O Canibalismo entre as aves não é um comportamento comum, embora possa ocorrer com uma certa freqüência. Esse comportamento em que uma ave bica a outra até feri-la ou mesmo matá-la é sinal de alguma coisa está errada com as técnicas de manejo na criação.

O Canibalismo é mais freqüente entre os faisões, mas também ocorre entre as galinhas. O comportamento pode ter início em um acidente ou ser decorrente de diversas causas ambientais.

No primeiro caso, uma ave ao se ferir poderá sangrar e a cor vermelha do sangue atrairá as outras aves inevitavelmente, desencadeando um ataque de todo o grupo àquela ave ferida.

Quanto aos fatores ambientais que levam ao canibalismo, temos todas as causas externas de stress como por exemplo: super população, grupos de muitos machos para poucas fêmeas, excesso de calor, iluminação muito brilhante, falta de alimentação ou de água, bebedouros expostos ao sol direto, ventilação ineficiente, etc.

Quando o canibalismo começa a ocorrer em um lote de aves, o primeiro passo é identificar os principais fatores de stress e eliminá-los o mais rápido possível. Como medida de emergência, pode-se escurecer o ambiente em que as aves ficam, mantendo-as em uma quase penumbra. Isso acalmará bastante as aves.

Outra medida que costuma aliviar o stress das aves é o fornecimento de folhas verdes como a couve, a acelga, o almeirão ou qualquer capim de pasto.

Em seguida você deve verificar quais são os fatores de stress do grupo e eliminá-los.

Se você não tiver condições de alterar as condições fornecidas às aves, deve considerar a debicagem como solução do problema. A técnica de debicagem consiste em cortar-se o terço superior do bico das aves. Você pode utilizar um alicate especial para cortar unhas de cães e gatos, vendido em lojas de animais. Se você não tem experiência em debicagem, e também não tem ninguém que possa ajudá-lo, comece cortando apenas a pontinha do bico superior e veja os resultados.