Make your own free website on Tripod.com

GOADS

 

 

Inseminação

A Inseminação Artificial em Galinhas

A inseminação artificial em galinhas pode ser necessária quando se lida com galos muito pesados que não conseguem cruzar. Uma opção à inseminação artificial é a monitoração da ingestão de alimentos do reprodutor, forçando-o a reduzir  o seu peso corporal, permitindo assim o acasalamento de maneira natural.

Obtenção do esperma

Para realizar a inseminação artificial você precisa de  um galo adulto, aproximadamente um sete meses de idade, que nunca tenha acasalado. A obtenção do esperma não é fácil e se o galo já acasala normalmente, será muito difícil.

O galo deve ser segurado por uma pessoa até que se acalme, então, outra pessoa deve correr os dedos indicador e médio ao longo da espinha da ave, exercendo uma leve pressão,  fazendo movimentos do pescoço para a cauda. Tente então obter o esperma, pressionando, levemente, um copinho plástico contra a cloaca do macho. Em operações com sucesso, uma espuma branca deve ser obtida.

Recolha essa espuma branca em uma seringa, sem agulha.

Inseminação

A galinha deve ser segurada por uma pessoa com a cabeça baixa e a cauda alta, até que se acalme, então outra pessoa deve injetar o ejaculado, utilizando a seringa sem agulha, na cloaca da galinha.

Se tudo ocorrer direito, os ovos botados dentro em 72 horas devem ser férteis.